quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Coral Pequeninos de São Francisco - Casa da Criança

 



Apresentação dia 19 de dezembro na Câmara Municipal de Paraisópolis...



quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

1º Grande encontro de violeiros

Violeiros na Concha Acústica de Paraisópolis

No dia 19 de setembro a Praça Coronel José Vieira foi palco do primeiro grande encontro de violeiros da cidade de Paraisópolis. O evento foi realizado pela equipe do Clube do Trem e reuniu violeiros de toda região.

Escola Municipal Bueno de Paiva completa 100 anos

E. M. Bueno de Paiva


Hoje dia 20 de setembro a Escola Municipal Bueno de Paiva comemora seus 100 anos de criação. Para marca a data, a direção da escola juntamente com os alunos idealizaram várias atividades que acontecerão durante toda semana.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

3º Encontro de Egressos do Jornalismo na Univás

No dia 18 de setembro de 20101 acontecerá o 3º Encontro de Egressos do curso de Jornalismo da Univás. O evento ocorre de dois em dois anos e reúne alunos e ex-alunos do curso. Participem!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Mais sobre as eleições e nossos governantes...

video

O flagrante apesar de curto, é bastante esclarecedor sobre a relação torta entre a população carente e os políticos brasileiros. O vídeo, filmado através de uma câmera digital simples, é obra do menino Leandro, que na época tinha 17 anos.

Segundo o advogado Ricardo Gama, que publicou o vídeo na internet, Leandro faz “marcação cerrada” no governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, desde que este teria, segundo o jovem, lhe prometido um notebook que nunca foi entregue.

Todas as vezes que encontra Cabral, Leandro registra o evento. Dessa vez, não foi diferente: o jovem filmou a visita do governador a um complexo esportivo de sua comunidade na companhia do presidente Lula e, segundo Gama, da candidata Dilma Rousseff, que não aparece no vídeo.

O início já é chocante. O menino diz que seu esporte preferido é tênis e pergunta por que não há jogos da modalidade no local. Lula responde que “Tênis é esporte da burguesia, p*%rra!” e, em seguida, sugere que Leandro pratique natação. O jovem então responde: “A gente não pode entrar na piscina!”.

Antes que Lula esboçasse qualquer reação, Cabral pergunta ao menino – em tom quase debochado, diga-se de passagem – por que a população não poderia entrar na piscina. Leandro, que não é governador, não tinha a resposta.

Nesse momento, há um corte no vídeo e Lula aparece falando com pessoas que, aparentemente, são responsáveis pelo complexo. O presidente, visivelmente preocupado com a imagem, avisa: “O dia que a imprensa vier aí e pegar um final de semana com essa p*%rra fechada, o prejuízo político será infinitamente maior que colocar dois ‘guarda’ aí. Coloca dois ‘guarda’ aí. Coloca ‘o Bombeiro’ para tomar conta e abre isso.”. Cabral concorda.

Depois, abraçado com o presidente, Leandro reclama que todo dia acorda com o barulho do Caveirão, nome popular do carro blindado usado pelo BOPE em incursões nas favelas. Cabral, ao lado, pergunta: “Caveirão ou traficante na porta, ‘malandragem’?”. Leandro reafirma o que disse, alega ter vídeos para comprovar e ainda ouve risadas quando fala que na rua onde mora não há tráfico de drogas.

No fim, Cabral chama o menino de “otário” e sugere: “Coloca essa inteligência toda para estudar, sacana.”. Foi o desfecho ideal para o jovem, além de dizer que vai sempre á escola, corrigir o governador e mostrar que tem nome: “Leandro.”


Fonte: http://kibeloco.com.br/kibeloco/2010/08/07/leandro/

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

As eleições estão chegando, não se cegue diante de promessas de benefícios

Uma Deputada que sabe qual é a sua função... Deixa nos triste a cegueira partidaria que o país está!

video

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Estarei caminhando pelos próximos 15 dias

Estarei ausente durante quinze dias, porque estarei fazendo meu livro foto-documentário. Caminharei durante 13 dias saindo de Tambaú/SP percorrendo por dia cerca de 35 km até Aparecida/SP. Se quiser saber mais sobre essa emocionante aventura acesse: www.apepelafe.blogspot.com

Saudades de todos...

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Proerd realiza formatura de pais em Paraisópolis





Na última sexta-feira dia nove de julho, data marcada pela comemoração da Revolução Constitucionalista de 1932, foi realizada a formatura de pais do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas). O evento ocorreu na quadra poliesportiva da centenária Escola Municipal “Bueno de Paiva”.

É a primeira formatura de pais realizada pelo Proerd nas escolas municipais Bueno de Paiva e Monsenhor Carneiro Pinto. Aproximadamente quarenta pais participaram do evento, em que estavam presentes as diretoras das respectivas escolas e o comandante da Polícia Militar de Paraisópolis Subtenente Noé Teodoro de Oliveira.

O programa contou com quarenta pais que participaram de um encontro semanal, durante cinco semanas, com duração de duas horas cada, com temas desenvolvidos pelo instrutor Proerd Soldado Marcos dos Santos Rezende. No transcorrer da formatura foi realizado o juramento pelos pais para colocarem em prática os ensinamentos aprendidos em sala de aula, ocorreu também a entrega de diplomas e para fechar o evento os policiais do Proerd apresentaram a música tema do programa com a coreografia junto com os pais formandos.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Voluntário paraisopolense na África

Sempre nos orgulha destacar pessoas que fazem a diferença, André Almeida conhecido como Andalaquim, paraisopolitano nato, está na África, República Unida da Tanzânia, na Província de Kigoma que dá nome a sua capital. É uma região de beleza natural imensurável por um de seus cartões postais, o lago Tanganica, o mais comprido do mundo com 660 km de extensão e também o segundo mais profundo do planeta, atingindo, em alguns pontos, 1.433 metros de profundidade. No entanto, sua beleza é muito afetada pela pobreza do local. E por citar a África e cartões postais desse continente, André também já esteve trabalhando em Moshi, cidade do antigo vulcão Kilimanjaro, considerado o ponto mais alto da África com 5.891,8 metros de altitude.

André terminou seus estudos em agronomia no final do ano passado e logo manifestou interesse pelas causas mundiais. Ele é o único representante brasileiro da equipe de voluntários do Sustainable Harvest. Logo que chegou ao país deparou com os tânzanianos preparando-se para o jogo amistoso com a seleção brasileira e contou que sua instalação fica ao lado do campo de refugiados da Unicef. Seu projeto será implantado com os refugiados de guerra da Uganda e Burundi.

Sucesso na sua missão...

sábado, 19 de junho de 2010

Balanço da vacinação da Influenza H1N1 em Pouso Alegre




A maior vacinação ocorrida no mundo até hoje é a que está sendo feita pelo Brasil contra a Influenza A H1N1, já foram mais de 81 milhões de pessoas vacinadas, superando os 67 milhões de brasileiros que foram imunizados contra a rubéola em 2008. O país foi também o que mais vacinou em proporção populacional deixando os países de primeiro mundo como os Estados Unidos para traz. Foram imunizadas 42% da população, sendo que os EUA atingiu apenas 26% de seus habitantes.

A mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1 chegou ao fim no dia 2 de junho, mas os estados e municípios que não atingiram a meta em grupos já imunizados devem reforçar as ações para garantir a cobertura mínima de 80% para todos os grupos. A meta brasileira foi superada em grande número pelos agentes de saúde, doentes crônicos, indígenas, adultos de 20 a 29 anos e crianças menores de dois anos. Já em Minas Gerais foram vacinados aproximadamente 89% da população taxada como de risco para a gripe influenza.


A realidade do quadro nacional e estadual não é muito diferente para os moradores da cidade de Pouso Alegre no sul de Minas Gerais. Segundo a Gerência Regional de Saúde de Pouso Alegre (GRS), até o momento foram vacinados aproximadamente 84% dos quadros considerados de risco pelo Ministério da Saúde. Foram vacinados mais de 49 mil pessoas, entre elas cinco indígenas, 1.034 gestantes, 2.234 agentes de saúde, 3.421 crianças com idade inferior a dois anos, 1.951 crianças com idade de 2 a 4 anos, 18.795 adultos com idade de 20 a 29 anos e 10.629 adultos de 30 a 39 anos. Os quadros que alcançaram os 100% foram os agentes de saúde, portadores de doenças crônicas e as crianças com menos de dois anos de idade.

Ressaltando que a campanha foi direcionada apenas aos quadros chamados pelo Ministério da Saúde como grupos de risco. No Brasil em 2010 desde janeiro foram registradas 609 internações e 74 mortes em decorrência da gripe H1N1 até o dia 5 de junho. Já em 2009 foram registradas 2.051 mortes ligadas a gripe. Com a chegada do inverno aumenta a transmissão do vírus da gripe, seus sintomas são febre, tosse, dor de cabeça e no corpo e dificuldade para falar.

A meta da campanha de vacinação brasileira é de imunizar 92 milhões de pessoas do público-alvo, até o momento foram vacinados 88% do total. As crianças menores de dois anos devem tomar duas meias doses da vacina, com um intervalo de 21 dias após a primeira aplicação. Esse intervalo é recomendado porque é o tempo necessário para o organismo produzir maior número de anticorpos, ou seja, maior imunidade contra a gripe H1N1.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Jogos Escolares de Minas Gerais inicia sua etapa microrregional


O JEMG (Jogos Escolares de Minas Gerais), é o maior programa de esportes das Superintendências Regionais de Ensino. São realizadas em parceria com as prefeituras municipais, mobiliza cerca de 600 cidades, com mil e quinhentas escolas que tenham alunos do ensino fundamental e médio. Os jogos acontecem em quatro etapas, às modalidades estão dispostas em basquete, handebol, vôlei, futsal, atletismo, natação, judô, tênis de mesa, xadrez e peteca. O evento contará com cerca de 160 mil alunos e oito mil professores, dezesseis mil profissionais envolvidos, gerando três mil empregos diretos e oito mil indiretos.


Umas das cidades que sediará uma das etapas das 64 Microrregionais do JEMG/2010 será Brazópolis. Em contato com o coordenador do JEMG desta cidade, Junior Donizete Dias contou que o município disponibilizará três quadras para a realização do evento, sendo uma para alojamento das equipes participantes.


A primeira fase Microrregional será em Cristina, a segunda fase em Brazópolis e a fase final dia 29 e 30 de maio em Itajubá. Os módulos são separados em dois, por faixas etárias, sendo primeiro módulo os nascidos nos anos de 1996, 1997 e 1998, entre 12 e 14 anos e no segundo módulo os nascidos nos anos de 1993, 1994 e 1995 entre 15 e 17 anos.


As escolas envolvidas são as estaduais, municipais e até particulares que se inscreverem até o prazo determinado no site dos Jogos Escolares do Estado. Cada equipe tem que ter no mínimo dois assistentes, sendo um professor em educação física. As cidades que possuem mais de um time na mesma modalidade realizam uma disputa municipal e as vitoriosas seguem representando o município.


As modalidades esportivas como futsal, handebol, basquete, vôlei e xadrez são disputadas desde a etapa Microrregional, por ambos os sexos. Já as modalidades como atletismo, tênis de mesa, natação, peteca e judô iniciam se apenas na etapa regional e estadual. Em Brazópolis a segunda etapa começará às dezoito horas do dia quatorze de maio, no Poliesportivo Cristovam Chiaradia, situado na Avenida Geraldo Felix da Mota. Estará presente no evento o representante do Instituto Brasileiro para o Desenvolvimento do Esporte, Educação e Cultura de Minas Gerais.


A etapa regional acontecerá nos dias 28 de junho até 03 de julho na cidade de Formiga. A etapa estadual será nos dias 09 até 14 de agosto na cidade de Patos de Minas.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Especialistas falam sobre as atribuições dos Conselhos Tutelares


A criação do Conselho Tutelar é uma importante conquista da sociedade, conquista esta que assegura os direitos das crianças e dos adolescentes. Entretanto, fica muito vago qual é a missão e as atribuições do conselheiro. Cinco especialistas no assunto mostraram qual é sua verdadeira essência.


O advogado e vereador Lauro Justo conta que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) foi criado em 13 de julho de 1990 para guardar os direitos da criança e do adolescente. Os representantes são eleitos pela comunidade. As funções dos Conselhos Tutelares é trabalhar em parceria com outras instituições e órgãos públicos, denunciando, requisitando, promovendo um ambiente saudável aos menores e aconselhando pais ou responsáveis.


O conselheiro tutelar não é apenas porta-voz de denúncias, testemunha de situações críticas ou funcionário de escritório. Ele é uma referência na comunidade em que atua, podendo ajudar na criação de movimentos sociais. “Sendo eleito, ele precisa passar por diversos cursos de capacitação. Não só antes, mas também durante todo mandato”.


Para o Comandante da Polícia Militar de Paraisópolis, Sargento José Dimas dos Santos, o trabalho do conselheiro tem que estar em harmonia com os demais órgãos que compõem o sistema de defesa social, ou seja, Polícias Militares e Civis, Ministério Público, prefeituras e comissionados. Disse ainda que “todo profissional que atua na área pública deve passar por um treinamento para melhor capacitação. Agora imagina, um conselheiro sem orientação, atuando com crianças e adolescentes dos diversos tipos. Fazendo ações de proteção e acompanhamento de menores infratores”.


A ex-conselheira tutelar da cidade Paraisópolis Ana Lúcia da Costa Carvalho contou a nossa equipe que é de grande importância que o profissional desta área passe por treinamento periódico para sempre estar preparado para as situações que possam aparecer. Já uma das conselheiras tutelares da cidade de Brazópolis Silvana Maria Silva Mendonça, trabalha há quatro anos no conselho e está em sua segunda gestão, sendo cada uma de três anos.


Segundo Silvana “a função do conselho é agir sempre quando os direitos da criança e adolescente forem ameaçados ou violados pela sociedade, pelo estado e pelos pais responsáveis ou em razão de sua conduta”. Contou que o Conselho Tutelar “ainda é visto como um órgão para punição de crianças e adolescentes, e tendo essa idéia muitos assumem o cargo de conselheiro achando que vão punir os meninos e meninas que são indisciplinados na escola, em casa e na rua, mas a realidade é outra”.


Uma das conselheiras tutelares da cidade de Paraisópolis, Maria de Fátima Bernardes Lima está no segundo ano da sua primeira gestão. Ela ressalta que a capacitação é muito importante, porque “é comum que os conselheiros tomem atitudes sem se basear na lei , dessa maneira, acabam por não cumprir suas funções primordiais, defender os direitos da criança e do adolescente”.